Talvez você tenha algumas dúvidas sobre a Energia Solar.
Selecionamos algumas questões que poderão ajudá-lo a compreender o funcionamento da tecnologia.

  • O que é energia fotovoltaica ou Energia Solar?


    É a energia gerada através da luz solar que incide diretamente nas placas fotovoltaicas. Através de uma reação atômica no interior das células fotovoltaicas, as placas produzem energia em Corrente Contínua (DC). O aparelho Inversor transforma a energia recebida das placas em Corrente Alternada (AC), na tensão exata a ser utilizada no imóvel.

  • Posso instalar um sistema fotovoltaico em locais sem distribuição de energia?


    Sim! Os sistemas fotovoltaicos possuem dois formatos básicos:
    ON-GRID: podem ser conectados à rede de distribuição de energia elétrica. 85% das instalações no Brasil são residenciais conectadas à rede.
    OFF-GRID: podem ser desconectados da rede de distribuição. Em lugares onde não há energia elétrica disponível, instalamos sistemas isolados. Conectamos os painéis solares nos lugares mais remotos, com a utilização de inversores, controladores de carga e baterias de armazenamento. Essa modalidade funciona muito bem em áreas rurais, como por exemplo, na energização de bombas d’água em lugares remotos.
    A Solar Tecno oferece essas duas soluções.

  • Qual a diferença entre energia fotovoltaica e demais tecnologias solares?


    A tecnologia fotovoltaica é diferente da tecnologia de aquecimento. A energia fotovoltaica gera energia elétrica que pode ser utilizada em todos os aparelhos elétricos da sua residência. Já os equipamentos solares de aquecimento, possibilitam economia, apenas em aparelhos de aquecimento de água (chuveiros, torneiras elétricas, etc.).

    O sistema fotovoltaico produz energia elétrica a partir da luz do sol, enquanto o sistema de aquecimento aquece a água através do calor emitido pelos raios solares. São tecnologias totalmente diferentes. Entretanto, a Solar Tecno recomenda a combinação de ambas para proteção do meio ambiente e economia.

  • Qualquer pessoa pode investir em um sistema fotovoltaico?


    Sim! Qualquer pessoa que utilize a rede elétrica e quer economizar e se beneficiar das vantagens de uma fonte limpa e inesgotável de energia.

  • Por que devo investir em um sistema fotovoltaico?


    Porque o INVESTIMENTO é extremamente vantajoso. Além de economia financeira, você gerará sua própria energia sem depender de hidroelétricas e outras fontes. Investirá em uma energia inesgotável e limpa.

    Você ficará livre da inflação que incide sobre a Energia fornecida pelas concessionárias anualmente. As placas fotovoltaicas têm garantia de fábrica de 25 anos. Em pouco tempo você paga o seu sistema fotovoltaico e fica livre de altíssimas mensalidades de energia elétrica.

    Você terá uma valorização média imediata de 8% do valor do imóvel. Se você comprasse um carro financiado a juros bancários, por exemplo, teria gastos com a mensalidade, manutenção, combustível, impostos e a desvalorização do carro. Porém, ao investir num sistema fotovoltaico seu dinheiro investido volta pra você.

    Você agregará valor social ao seu comércio ou empresa. Seus vizinhos residenciais apreciarão sua iniciativa como alguém que está além do seu tempo, investindo no futuro de sua família, economizando dinheiro e protegendo o meio ambiente através de um sistema fotovoltaico.

    Além disso, basta o investidor ter uma visão de médio prazo. As pessoas que investem em sistemas fotovoltaicos geralmente são inovadoras, com forte espírito empreendedor, visão de futuro e preocupam-se com a sustentabilidade ambiental. Elas sabem que o dinheiro será recuperado em pouco tempo e depois disso, ficarão livres das concessionárias distribuidoras de Energia Elétrica.

    Faça um orçamento agora mesmo!
  • Qual é a economia média que um sistema fotovoltaico gera?


    A economia pode chegar a 100%. Todavia, cada projeto é personalizado e especifico. Criamos uma projeção de economia sob medida pra você. A Solar Tecno não pode descrever um preço padrão, pois cada projeto depende variáveis como: valor do Kw/h da região, posição do telhado em relação ao sol, inclinação das placas, cálculos matemáticos, sombreamentos, posição geográfica, demanda de consumo, etc.

    Podemos proporcionar um projeto específico para sua necessidade energética. Dependendo do valor que investirá, o cliente solar poderá economizar todo o valor gasto na compra de energia. Nossa intenção é sempre oferecer a solução econômica para os nossos clientes.

    A pergunta que você poderia fazer é essa: se todo o valor gasto com energia elétrica dos últimos 25 anos fosse aplicado em poupança, quanto eu teria economizado? A resposta a essa questão é o argumento final para você contratar, hoje mesmo, o seu sistema fotovoltaico.

  • O sistema é capaz de suprir 100% da minha demanda energética?


    Sim! O sistema pode suprir toda sua necessidade diária, enquanto está ativo durante o dia. Graças à resolução 482 da ANEEL.

  • O que é a resolução 482 da ANEEL?


    É a oportunidade de o cliente Solar Tecno acumular créditos energéticos na concessionária. Por exemplo, se a geração de energia do seus sistema é maior que o consumo, a concessionária guardará os créditos excedentes em sua conta. Esses créditos de Kw/h poderão ser utilizados em qualquer imóvel que tenha conta de energia em seu nome. Abaixo, segue a normatização legislativa que regula a mini e micro produção de energia, além de viabilizar a compensação de créditos energéticos.

    “A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) aprovou, nesta terça-feira (24/11), aprimoramentos na Resolução Normativa nº 482/2012 que criou o Sistema de Compensação de Energia Elétrica, permitindo que o consumidor instale pequenos geradores (tais como painéis solares fotovoltaicos e microturbinas eólicas, entre outros) em sua unidade consumidora e troque energia com a distribuidora local com objetivo de reduzir o valor da sua fatura de energia elétrica.

    Segundo as novas regras, que começam a valer a partir de 1º de março de 2016, será permitido o uso de qualquer fonte renovável, além da cogeração qualificada, denominando-se microgeração distribuída a central geradora com potência instalada até 75 quilowatts (KW) e minigeração distribuída aquela com potência acima de 75 kW e menor ou igual a 5 MW (sendo 3 MW para a fonte hídrica), conectadas na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras.

    Quando a quantidade de energia gerada em determinado mês for superior à energia consumida naquele período, o consumidor fica com créditos que podem ser utilizados para diminuir a fatura dos meses seguintes. De acordo com as novas regras, o prazo de validade dos créditos passou de 36 para 60 meses, sendo que eles podem também ser usados para abater o consumo de unidades consumidoras do mesmo titular situadas em outro local, desde que na área de atendimento de uma mesma distribuidora. Esse tipo de utilização dos créditos foi denominado “autoconsumo remoto”.

    Outra inovação da norma diz respeito à possibilidade de instalação de geração distribuída em condomínios (empreendimentos de múltiplas unidades consumidoras). Nessa configuração, a energia gerada pode ser repartida entre os condôminos em porcentagens definidas pelos próprios consumidores.

    A ANEEL criou ainda a figura da “geração compartilhada”, possibilitando que diversos interessados se unam em um consórcio ou em uma cooperativa, instalem uma micro ou minigeração distribuída e utilizem a energia gerada para redução das faturas dos consorciados ou cooperados”.

  • É preciso mexer na rede elétrica do meu imóvel?


    Não! Utilizamos a mesma rede elétrica de seu imóvel (em condições básicas de uso), pois a energia transformada pelas placas é levada diretamente a um aparelho chamado inversor e depois conectada ao medidor de energia do poste do imóvel, suprindo toda a necessidade energética.

  • Em quanto tempo retorno meu investimento?


    Em média de 5 a 8 anos. No entanto cada projeto depende variáveis como: valor do Kw/h da região, posição do telhado em relação ao sol, inclinação das placas, cálculos matemáticos, sombreamentos, posição geográfica, demanda de consumo, etc. Isso altera o tempo de pay-back.

  • Por que devo escolher a Solar Tecno?


    Porque somos uma empresa inovadora com intenção de ajudar você e o nosso planeta. Energia fotovoltaica é energia limpa e acessível.

    Porque a Solar Tecno possui técnicos altamente qualificados para o serviço.

  • Há incentivos governamentais para quem utiliza energia solar?


    Sim. O Brasil ainda precisa avançar nesse sentido. Porém, as redes bancárias possuem linhas de crédito específicas para energia renovável que são estimuladas pelo Banco Central.

  • O sistema fotovoltaico funciona em dias nublados?


    Sim, pois o sistema funciona a partir da luz solar. Sendo assim, mesmo em dias nublados há incidência de claridade, mesmo que em uma menor escala.

  • Como o sistema é instalado?


    As placas fotovoltaicas são instaladas no telhado do seu imóvel e toda a energia transformada pelas placas élevada até o inversor, um aparelho que ficará em um lugar estratégico da sua residência para que você acompanhe sua produção. Este aparelho transformará a energia de Corrente Contínua produzida nas placas em Corrente Alternada, que é a energia utilizada nos aparelhos domésticos.

    Toda a energia gerada pode ser utilizada em seu imóvel, sendo que a energia não utilizada retornará para a rede elétrica convencional e se converterá em créditos energéticos que serão utilizados durante a noite ou em outro imóvel que a conta de energia esteja em seu nome. Esses créditos tem validade de 5 anos.

  • O sistema é composto por quantos itens?


    Geralmente, os itens básicos para a instalação do sistema fotovoltaico são: painéis fotovoltaicos, inversor, estrutura de fixação em alumínio, String Box, cabos e conectores. A quantidade de placas e o dimensionamento do projeto com o Inversor dependerá da sua necessidade de energia.

  • O sistema conflitará com a arquitetura do meu imóvel?


    Não. Seu Kit Solar Tecno pode ser totalmente integrado ao projeto arquitetônico.

    O sistema é instalado, geralmente, no telhado. Todavia, as placas podem se transformar em sistemas de cobertura, como estacionamento, por exemplo.

    Dessa forma, a economia é ainda maior, pois aproveitam-se as placas como proteção contra a chuva e o sol.

     

    As placas podem ser instaladas em módulos em diversas áreas do telhado, desde a luz solar seja aproveitada no máximo do seu potencial.

    Podemos conversar com seu arquiteto e personalizar o projeto fotovoltaico ao estilo arquitetônico do seu imóvel.

  • É necessário fazer adaptações arquitetônicas para instalar o sistema?


    Não, desde que o telhado esteja em boas condições de uso.

  • Meu imóvel será valorizado?


    Sim! Além de economizar e preservar o meio ambiente, seu imóvel terá valorização uma valorização média de até 8%.

    Afinal, se você resolver vender seu imóvel, entregará um imóvel com autonomia energética, o que agregará um valor considerável no ato da venda.

  • Há custos com manutenção?


    Depende da localização e da qualidade da instalação.

    Se o local ou região sofrer mobilização intensa de partículas que poderão sujar as placas, sim.

    As placas precisam ser limpas periodicamente.

    A limpeza é simples, utilizando-se apenas um pano para a retirada de poeira.

    É aconselhável evitar folhas de árvores e sombreamentos sobre as placas para não ocorrer o que chamamos de Hot-spot, o que poderia prejudicar algumas células da placa.

    O sistema é feito para durar cerca de 25 a 30 anos, possuindo tem garantia de 25 anos de eficiência em até 80% de produção por placa.

    A Solar Tecno oferece uma instalação de qualidade para a preservação do material.

  • O sistema produz ruídos?


    Não. Sem poluição sonora.

  • Minha conta de energia será zerada?


    Quanto à compra de energia da concessionária e tributos, sim! Ela pode ser “zerada” dependendo da sua produção.

    Se seu sistema gerar toda a energia necessária em seu imóvel, você pagará apenas o vínculo com a concessionária (taxa mínima) que varia de acordo com a concessionária de sua região e sua instalação (monofásica, bifásica ou trifásica).

    Contudo, se contabilizar o seu retorno do valor investido, a taxa mínima (na região de Tupã, SP, por exemplo, cobra-se R$21.00 de taxa mínima) desaparecerá devido ao potencial econômico do sistema instalado.

    Basta pensar que você deixará de pagar energia, economizará o dinheiro mensal que pagava anteriormente recebendo juros e, devido a alta durabilidade do material, seu retorno no médio prazo é certo.

    Por isso, podemos afirmar que sim, você pode zerar sua conta de energia e ainda receber por isso acumulando créditos.

  • Como funciona o sistema de compensação de energia?


    É como se você tivesse uma conta poupança junto à concessionária.

    Toda a energia excedente não utilizada, retorna para a rede elétrica convencional gerando créditos de energia na sua conta.

    No período da noite, quando o sistema estará inativo, você pode utilizar em seus aparelhos os créditos excedentes de sua conta.

    A Solar Tecno oferece o dimensionamento ideal para essa compensação, de modo que o cliente tenha sua demanda totalmente suprida.

  • Qual a vida útil do sistema?


    De 20 a 30 anos. A garantia por placas é de 10 anos contra defeito de fabricação e de 25 anos por eficiência. É resistente a granizo e outras intempéries da natureza.

  • Como a produção energética é monitorada?


    No inversor há um painel digital onde você poderá observar a sua produção.

    O relógio de energia digital, instalado pela concessionária de sua região contabilizará sua produção extra e utilização de energia elétrica se for necessário (em casos de sistemas que não suprem toda a demanda de energia de seu imóvel).

  • Há relatórios de desempenho do sistema?


    Sim. A Solar Tecno trabalha com inversores da Fronius, pois possuem altíssima qualidade! Os inversores Fronius possuem tecnologia de ponta, pois transmitem dados de produção via wi-fi para o usuário. Além disso, a Solar Tecno oferece a solução de monitoração do sistema, através da instalação de um aplicativo para smartphone.

    Com isso, você monitorará o desempenho do seu sistema em tempo real, em qualquer lugar e na palma da mão.

  • Há relatórios de desempenho do sistema?


    Sim. A Solar Tecno trabalha com inversores da Fronius, pois possuem altíssima qualidade! Os inversores Fronius possuem tecnologia de ponta, pois transmitem dados de produção via wi-fi para o usuário. Além disso, a Solar Tecno oferece a solução de monitoração do sistema, através da instalação de um aplicativo para smartphone.

    Com isso, você monitorará o desempenho do seu sistema em tempo real, em qualquer lugar e na palma da mão.

  • Quais as vantagens de um sistema fotovoltaico?


    Economia financeira: você pode economizar o dinheiro pago às concessionárias.

    Valorização do Imóvel: seu imóvel recebe uma valorização imediata de 8%, em média.

    Preservação do meio ambiente: você colabora para a diminuição da produção de CO2 e o uso desenfreado de hidroelétricas que prejudicam o ecossistema de diversos rios.

    Satisfação: você estará no poder da produção de sua própria energia.

  • Quando houver racionamento de energia, vou pagar mais?


    Não! Se seu sistema suprir toda a demanda do imóvel, o valor pago à concessionária (taxa mínima) só mudará se houver reajuste.

    Os aumentos no valor da energia elétrica convencional não incidirão sobre sua conta, pois sua produção de energia será própria.

    Além disso, você estará livre da inflação altíssima incidente sobre a utilização de energia da concessionária.

  • Posso utilizar os créditos acumulados na concessionária em outro endereço?


    Sim, desde que as contas de energia estejam no mesmo CPF ou CNPJ.

  • Quanto pesa o sistema de energia solar residencial?


    Em média ele varia de 12kg/m2 até 17kg/m2.

    Para telhados de telha de barro ele fica perto de 15kg/m2.

    Para telhados metálicos de telha trapezoidal ou telha zincada ele pesa em média 13.5kg/m2.

    Para lajes de concreto, onde é necessário inclinar as placas de energia solar, ele pode chegar até 17kg/m2. Para lajes de concreto onde precisa-se inclinar as placas e não pode perfurar para fixar, será necessário usar um sistema com lastro e o peso pode subir. Em geral, o sistema fotovoltaico residencial é muito leve e 99% dos telhados suportam –no, sem problemas.

  • Eu posso levar os painéis solares quando eu me mudar da minha residência?


    Se você usar um sistema de fixação de boa qualidade, com certeza poderá remover os painéis solares, o inversor e até mesmo algumas partes do sistema de fixação podem ser desaparafusadas e reaproveitadas em uma mudança.

    Dessa forma você pode levar com você o seu gerador de energia fotovoltaico residencial.

  • As placas solares aguentam granizo? O que acontece com a placa solar quando chove granizo na minha residência?


    As placas solares de qualidade possuem, em sua maioria, um vidro temperado de 3.2mm a prova de granizo.

    Os testes realizados nas placas são rigorosos e atestam a qualidade e durabilidade do produto.

  • Qual a diferença entre microgeração e minigeração distribuída?


    A diferença é potência gerada por cada uma em Quilowatt (Kw).

    Na microgeração a produção é menor ou igual a 75Kw. Na minigeração a produção é superior a 75Kw e menor ou igual a 3MW para fontes hídricas ou menor ou igual a 5 mW para cogeração qualificada e para demais fontes renováveis de energia elétrica.

  • Quais as desvantagens da energia fotovoltaica?


    Não há desvantagens. Porém, é preciso esclarecer que em dias de chuva ou com baixa incidência solar, a produção diminui e no período da noite não há produção.

    Entretanto, essas aparentes desvantagens não são mais relevantes que as vantagens da obtenção do sistema.

    Tudo depende de um serviço executado com qualidade e eficiência. Essa é a missão da Solar Tecno.

  • O que a Solar Tecno oferece como diferencial?


    Temos uma equipe qualificada, treinada e supervisionada.

    Prezamos por instalações de altíssimo nível, utilizando produtos de ponta, pois estamos preocupados com a satisfação dos nossos clientes.

  • Qual o panorama da energia fotovoltaica no Brasil?


    Após alguns incentivos governamentais, a energia fotovoltaica tem crescido em nosso país.

    Em 2015, o número de imóveis com essa tecnologia cresceu cerca de 500%. Entretanto, ainda é irrisória a parcela da população que usufrui da energia solar em nosso país.

    O Brasil possui mais que o dobro de radiação solar que a Alemanha, por exemplo, que é líder em energia fotovoltaica no mundo. Não aproveitamos a fonte inesgotável de energia que nasce todos os dias sobre nossas cabeças.

    A Solar Tecno chegou para antecipar o futuro pra você! Comece a economizar dinheiro hoje mesmo.